segunda-feira, 19 de julho de 2010

Masturbação Feminina


Por Coraline
Adaptado por Borboleta Traiçoeira

Crescemos sabendo que nossos irmãos, primos, vizinhos e coleguinhas de escola se tocam, mas que isso é feio, coisa do demônio ou de tarado que não teve uma educação religiosa e digna. Já na adolescência os meninos estão mais liberados ao "repugnante ato da masturbação", como diria a minha avó (que Deus a mantenha longe desse texto). Um dia desses, no meu trabalho, o filho da minha chefa, que esta naquela idade periquitante da pré-adolescência, veio me contar uma historinha que de um colega que demorava muito no banheiro da escola. De repente ele me perguntou: Advinha que ele tava fazendo? Eu, sabiamente, me fiz de desentendia e respondi: fazendo o número 2. Ele negou. Eu retruquei: Ah...devia tá lendo uma revista. O pré-adolescente respondeu com um sorriso malicioso: Ele tava batendo punheta. (ridículo). Mas não resistir e perguntei: e tu? Não faz isso? Ele prontamente: NÃO!

Concluo que a coisa antiga ainda é tabu!

Começamos a ter nojo, porém uma certa curiosidade de como "nossos meninos" sentem prazer com revistas e filmes, enquanto nós mulheres precisamos de toda uma preparação e aquele clima especial para "esquentar".

Saindo da adolescência (algumas mais cedo, outras mais tarde) descobrimos que tem algo de maravilhoso e novo na Terra do Nunca. Algo que podemos fazer por nós mesmas, sem ninguém para ajudar. A curiosidade com "aquilo" que tanto repudiávamos, que tanto evitávamos conhecer, agora tem local e sabor mais doce. E então tudo muda com o primeiro toque.

No começo você entra em paranóia achando que está escrito na testa o que acabou de fazer enquanto fingia que estava com cólica no quarto. Acha que todos vão descobrir e recriminar. Suas amigas vão olhar torto para você e os carinhas vão pensar mal sobre a sua personalidade... Depois, vem aquele arrependimento. E então você começa a se questionar sobre o real motivo que a levou a fazer "aquilo": carência, solidão, desespero? Muitos dias se passam até perceber que não há nada de errado com isso e, o “pior”, você gostou! Qual é? Não se sinta mal, você é normal! Por mais que muitas neguem, mulheres sadias e sexualmente bem resolvidas se masturbam.
Posso afirmar que a masturbação é uma fonte regular de prazer também das mulheres, viu, garotos? E que mesmo tendo namorados e maridos elas podem se masturbar. Por que? Pelas mesmas razões porque você se masturba, ora! 
Mais um detalhe: diferentemente dos homens, as mulheres não costumam se masturbar olhando fotos. Podem até se excitar com fotos ou vídeos, mas na hora da masturbação elas costumam fechar os olhos e partir numa viagem só delas


Vamos fazer um teste? Coloque sua mão dentro da calcinha... Sim, agora! Sinta como está quente e úmida. Sentiu? Agora passe o dedo médio levemente no seu clitóris. Isso! Passe mais um pouquinho, esfregando até sentir aquele frio inefável na barriga. Vai moça recatada, faz daí que faço daqui. E aí? É uma delícia, né?

Então, é sobre isso que estou falando... Independente da quantidade de caras que já tivemos ou ainda teremos na vida, a masturbação feminina é diferente de todos os toques que sentimos antes, porque sabemos o ritmo e a intensidade que devemos imprimir ao momento. Então aproveite amiga! Faça uso desse artifício gratuito e tão facilmente acessível. Seja no banho, enquanto assiste ao jornal, no telefone com as amigas, vendo Sessão da Tarde; onde e quando quiser. Faça na frente do seu Amado também, garanto que ele vai adorar e a relação de vocês dois vai esquentar. E se ele der aquele sorrisinho malicioso, então delicie. Fica a dica!

2 comentários:

Orion* disse...

Interessante artigo, e ousado também. Interessante porque desperta uma curiosade feminina que deve ser valorizada a todo tempo. E Ousado, estimular a masturbação.. foi algo inteligente e inovador...meus parabens a vcs duas...adorei..o blog...espero que sejam amapaenses...bjs..xau

Orion* disse...

TEnho sim... gostaria que você algo sobre a repressão sexual feminina e no homem, se ela ainda existe? quais as consequencias disso? e porque razão o sexo ainda em grande maioria é um tabu?...
Aguardo uma boa leitura..rs.. bjs